SAIBA PORQUE O FUTEBOL COITEENSE CAIU EM DECADÊNCIA

SAIBA PORQUE O FUTEBOL COITEENSE CAIU EM DECADÊNCIA .



A era de ouro do futebol amador da Bahia  um dia pertenceu a cidade Coiteense, que durante muitos anos esteve no topo do nosso futebol. Por quatro anos seguidos, o intermunicipal esteve aos pés dos Coiteense e quatro títulos do maior torneio da da Bahia, ficou nas mãos dos Coiteenses.



Mais os anos de glorias e conquistas dos coiteenses chegou ao fim em 2012 quando houve mudança no comando  e do futebol coiteense. Mesmo com as ideias enovadoras que ajudou na organização os novos  sucessores , não conseguiram colocar em pratica as novas mudanças , e tudo ficou apenas na teoria. .

               QUAIS AS CAUSAS DA DECADÊNCIA DO FUTEBOL COITEENSE


Com a desvalorização da Copa Rural, Campeonato Coiteense as equipes deixaram de investir principalmente nos jogadores da casa, e com isso o publico que sempre lotou o A.C.M hoje Vandão, abandonaram o estádio. 


   No Intermunicipal o bicho que um dia foi Papão, passou a ser apenas,uma mera participante nos quatro anos que participou. Mesmo tendo feito um grande investimento em 2014 - 2015, o selecionado canarinho caiu nas oitavas sempre dentro de casa. Para piorar ainda mais a situação, nos dois anos seguintes 2017 - 2018 com uma seleção modesta, voltou a cair nas oitavas e novamente dentro de casa.
                                           As Polemicas

Brigas envolvendo Dirigentes,Brigas  envolvendo os árbitros Coiteenses, Bombas jogada em véspera de partida do Intermunicipal ( foto acima 2015),Punição de mando  de campo,competição sem premiação, tudo isso acarretou no fracasso do futebol que um dia foi o melhor da Bahia.
Com tantas polemicas envolvendo o futebol Coiteense, dois fatos negativos foram crucial para a sua desvalorização. Primeiro foi a lamentável decisão que proibiu onze atletas filhos da terra que conquistaram títulos no intermunicipal, de jogarem na seleção, e em qualquer outra competição do município. Os onze pais de famílias, por dois anos foram julgados e condenados por Diretores, e  Dirigentes de Clubes que concordaram com a decisão.


Outra decisão arbitraria, foi a proibição dos atletas da seleção Coiteense de darem entrevista a SupapoEsporte ( Imprensa da Cidade) e dois anos depois, proibiu a mesma Imprensa de entrar no estádio Vandão em jogos da seleção.

                                          O QUE DEU CERTO

Organizou toda  parte borocrática da entidade e das equipes filiadas, mesmo fracassando por dois anos colocaram  a seleção com investimentos próprios.


Mais agora esse reinado tá chegando ao fim, e dia 19 teremos eleição da nova diretoria que vai comandar o futebol Coiteense.

                                    ASSISTA A MATÉRIA EM VÍDEO


Fonte SupapoEsportes 11 de janeiro 2019.